sábado, 14 de abril de 2018

[RESENHA] A Outra Chance

Olá, pessoal!
Tudo bem com vocês? Espero que estejam ótimos!
Hoje vamos ter mais uma resenha, sei que estou devendo outras postagens (e vão ter!), mas como tive um tempinho, aproveitei pra começar a adiantar minhas leituras que estão (super) atrasadas!
E a de hoje é sobre o livro A Outra Chance, do escritor Afonso Celso. Vamos lá?
Autor: Afonso Celso
Chiado Editora
2015
198 Páginas

Sinopse: "Nem sempre o homem é o senhor de suas decisões. Há certas circunstâncias em que o sentimento supera a razão e para todo o sempre há uma voz superior. O homem é o senhor do seu destino, mas ele deve responsabilidades a um ser superior.
Um vírus mortal ataca a humanidade e coloca-a em risco de extinção. Um homem, designado por uma força superior para salvá-la descobre, afinal, a razão da existência dessa ameaça e porque fora escolhido para tal missão. No entanto, um preço muito alto terá que ser pago para conseguir esse objetivo. Mesmo sem querer, ele tem uma missão que terá que cumprir a qualquer custo, independentemente de sua vontade. Descubra os desígnios da humanidade, por estamos aqui e se merecemos estar aqui."
O livro inicia com o encontro de três amigos num bar chamado "Sombra dos Coqueiros", um dos melhores e mais bonitos lugares para relaxar e tomar um chope. Gabriel tinha uma estória para contar e este seria o dia ideal para isto. 

Ele fala sobre Luis Radiani. Um homem de 28 anos, advogado, que sabia o que queria: passar em um concurso público para promotor. Decidido isto, estudou arduamente, dedicando-se completamente aos estudos e, para sua imensa alegria e de sua namorada, Sônia, ele conseguiu passar em primeiro lugar! Ela é médica e trabalhava em um ótimo hospital, não colocava pressão em seu namorado, pelo contrário, o apoiava sempre. A conquista  de seu amado seria a sua também. Pouco tempo depois dele conseguir um bom emprego, estavam casados e felizes.

Mas algo inquietava sua esposa, era o surgimento de um vírus que já estava matando um grande número de pessoas. Nenhum cientista havia tido sucesso em conseguir uma maneira de derrotar este inimigo tão cruel. Se você fosse contaminado, a morte era certa. Mesmo assim ela tinha fé na ciência, não queria imaginar que ninguém, em todo o mundo, conseguiria encontrar tal cura.

"Tantos anos já se passaram e, até o momento, a medicina quase não avançou nesta luta contra esse terrível inimigo." 

Enquanto isso, Luis Radiani segue exercendo eficientemente suas funções como promotor, casos de extrema crueldade chegavam em suas mãos, mas ele sabia muito bem como lidar. Comumente vitorioso no exercício de sua função, só que no seu interior ficava extremamente chateado por ver o quão cruel o ser humano pode ser. Mas sempre procurava permanecer calmo e acreditava que as coisas poderiam mudar. E como não acreditar com tantas coisas belas que presenciava na natureza? Como não acreditar, com tantas maravilhas no mundo? Com sua esposa e, futuramente, seus dois filhos, Elisa e Pablo, felizes ao seu lado?

"Só contemplando esta beleza infinita é que se pode ver como Deus foi tão generoso na sua concepção."

Aos 8 anos, Pablo tinha o sonho de ser jogador profissional de futebol, enquanto Elisa, aos 3 anos queria ser bailarina. Muitos anos se passaram, ambos dedicaram-se aos estudos e Pablo chegava cada vez mais perto de ter seu sonho realizado. Mas a vida dos Radiani não era um mar de rosas, aos poucos foram perdendo parentes, amigos e até mesmo conhecidos que gostavam, o vírus seguia tirando a vida de inúmeras pessoas, cada vez mais. Mesmo assim, Luis procurava manter a calma e tentar acreditar que tudo o que acontecia tinha um propósito. Não deixando de considerar a culpa do Homem no surgimento e disseminação do vírus.
Sônia participava de tudo o que podia para conhecimento e para tentar contribuir de alguma forma com a descoberta de uma cura. Muitos anos já haviam se passado e nada foi divulgado de muito positivo, apenas poucas hipóteses. Ela iria fazer parte, como expectadora, de um congresso muito importante sobre infectologia em Nova Iorque, estava otimista que desta vez, com tantos cientistas competentes, algo promissor seria revelado. Mas não foi assim que aconteceu.

"O mais terrível silêncio que alguém pudesse imaginar, fez-se ali, naquele momento. Parecia que ninguém sequer respirava. Aquela que deveria ser a grande vitória sobre o mais terrível dos inimigos, terminou com o mais retumbante fracasso que a comunidade científica mundial tivera notícia."

Para completar, surgiu um grupo chamado doravante de "Vingadores", estes portadores do vírus futuramente conhecido como RT-35, que ao saberem que estavam condenados a morrer, queriam simplesmente matar todos os que não estavam contaminados, afinal, para eles não era justo. Não se importavam se seriam crianças, jovens, adultos ou idosos, só queriam acabar com todos.

"Matar, apenas por matar. Este era o lema daqueles loucos."

Segue a luta, agora contra o vírus e os Vingadores. Não estava nada fácil, a ciência não avançava, a população cada vez mais sofria derrotas inimagináveis, poucos tinham fé que as coisas fossem melhorar, a esperança era uma palavra que sequer era dita pela grande maioria. Exceto para Luis Radiani, que mesmo com perdas excruciantes, sempre procurou se manter calmo e firme. Certa vez teve um sonho em que ele teria um papel extremamente importante em toda essa "guerra". Mas que papel seria esse? O que aconteceria com o mundo? Eram coisas que no futuro ele iria descobrir.
O livro está à venda no site da Editora Chiado e após a leitura vocês podem dar sua opinião e classificação no Skoob.

Encontrem e sigam o autor:
- Instagram@afonsocelsosa;
Site;
- Também entrar em contado pelo e-mail: afonsocelso.sa@gmail.com
O livro é muito bem escrito e a estória é impactante. Daquelas em que a gente reflete bastante, fazendo, principalmente, com que nos questionemos: estamos mesmo valorizando nossa vida e tudo o que temos? Estamos contribuindo de alguma forma com outras pessoas de forma positiva ou seguimos no egoísmo? Certas passagens fiquei realmente paralisada com tanto sofrimento descrito, mas encantada com a forma especialmente de Luis Radiani de lidar com tudo. Seria ele uma pessoa fria? Não, ele também era abatido por tudo o que acontecia ao seu redor, mas procurava manter uma postura de ação e não de reação.

As perdas faziam com que, especialmente, Luis e Sônia valorizassem cada pequena vitória. A Outra Chance é um livro que consegue tocar nossa alma e repensar sobre nossas atitudes. Com palavras e acontecimentos sabiamente escolhidos pelo autor. E com um final impossível de ser previsto.

Espero que tenham gostado!

sábado, 7 de abril de 2018

[RESENHA] Almas ao Longe

Olá, pessoal!
Como estão? Espero que ótimos!
A resenha de hoje é sobre um livro super interessante: Almas ao Longe. Do escritor Ivan Esaú, em parceria com a Editora Kiron. Vamos lá?
Autor: Ivan Esaú
Editora: Kiron
2017
328 Páginas

Sinopse: "O que é nossa alma? Será ela o fator predominante que nos diferencia dos outros seres vivos? E os animais também não teriam alma, que apenas seria diferente da nossa? E o que aconteceria com a humanidade se, de repente, as pessoas passassem a nascer sem ela? Como se comportariam esses novos companheiros humanos e também os que, como todos nós hoje, ainda nascemos “com alma”? Como seria o convívio entre esses dois tipos de gente? Como se relacionariam e como seria a sociedade nessa nova configuração?"
Agostinho e Clarissa são casados, ela está grávida de gêmeos e, como toda mulher grávida, está cheia de alegria e ansiedade ao mesmo tempo. Ela é pintora, enquanto seu marido é formado em engenharia. Seguiam suas vidas da melhor maneira possível, procurando sempre resolver os problemas sem se deixar desanimar. O que eles não podiam imaginar era o que a chegada de seus tão desejados filhos, Clara e Pietro, iria trazer.

O parto dos bebês foi um sucesso, tanto a mãe quanto eles estavam bem. Seguiam-se os dias normalmente, até que Clarissa começa a perceber, quando eles estão com dois meses, que seus filhos têm comportamentos bem diferentes e não uma diferença normal entre crianças. Clara era uma menina sorridente e animada, já Pietro era mais fechado, não gostava muito de brincadeiras e era um pouco agressivo.

Foi então que Clarissa decide levar seus filhos a uma especialista em crianças, Drª Carla, a qual fez todos os exames necessários e não encontrou nenhum tipo de problema físico nos bebês. Mas não deixou de notar a diferença absurda entre eles, o que a fez pedir para realizar mais exames, desta vez também com os pais. Nada de anormal é encontrado. Mas o comportamento atípico é nítido e preocupante.

E Carla não observou isso apenas em Pietro, outros bebês já tinham sido levados ao seu consultório apresentando os mesmos "sintomas". Isso a deixava cada vez mais intrigada e preocupada, afinal, parecia estar se tornando um surto de algo completamente desconhecido. Resolve, então entrar em contato com seus amigos e conhecidos da área, os quais também começaram a verificar o que está acontecendo com os bebês.

"O nosso papel como cientistas é justamente este: antecipar aos fatos, descobrir soluções antes que os problemas fiquem grandes demais."

A partir daí, ela começa a se reunir com eles e outros médicos e cientistas fora do país. Cada vez mais é visto o quanto os sintomas apresentados estão se espalhando por todo o mundo. Busca-se então verificar a causa, para se ter informações sobre como evitar e como curar essa possível "doença". Os bebês vão crescendo e cada vez mais as diferenças de comportamento, muitas vezes agressivos, são vistos. Apesar de descobrirem quando o problema começou a surgir, não havia avanço em descobrir como solucioná-lo. 

"Ao sair do posto e fazer a curva, o vermelho do pôr do sol podia ser visto do seu retrovisor e todo aquele cenário lhe pareceu o prenúncio de que uma catástrofe estava vindo para assolar a humanidade."

Algumas informações chegaram até a população e um grande desespero tomou conta de todos. A partir daí, não só os cientistas eram ouvidos, mas muitas pessoas acreditavam em indivíduos das mais diversas crenças, e uma delas dizia que as crianças estavam nascendo sem alma. O que aumenta a tensão entre todos. Fazendo, inclusive, com que diversas mulheres evitem engravidar, algo que se continuasse reduziria cada vez mais o número de pessoas no mundo.

"Se a mão divina está por trás disso, é porque ela está testando nossa capacidade de amar nossos semelhantes."

Semanas vão passando, as crianças vão crescendo e se tornando adolescentes. Cada fase da vida dos considerados "afetados" é estudada. Mas ainda assim, os cientistas não conseguem encontrar a solução. Hipóteses são levantadas, até mesmo as mais absurdas. Que destino esses jovens trariam à humanidade? Poderiam os "normais" conviver com eles sem se preocupar? São perguntas que fazem os cientistas e pais perderem o sono. Alguns até desistem de seus filhos, outros procuram dar todo o amor que possuem. Mas o fato era que estava acontecendo um caos.

"E a humanidade ansiava não por gotas, mas por uma chuva torrencial que varresse, como uma mangueira limpa uma calçada com o seu jato, esse problema para o esgoto de um passado a ser esquecido. Mas tudo que se apresentava era um futuro não desejado."
O livro está disponível para compra no site da Editora Kiron.

Encontrem e sigam a Editora:
Facebook;
Instagram.
O livro possui 16 capítulos, cada um conta um pouco sobre o comportamento e os estudos realizados, bem como o avanço ou regresso de cada um. A narrativa é bem leve e cada momento é bem detalhado pelo autor. O leitor fica preso a cada capítulo, muito pela curiosidade para saber o que vai acontecer, qual o rumo que o escritor vai dar para a estória.

Apesar de eu ter focado em cinco personagens nesta resenha, o livro tem vários. Geralmente pessoas mais próximas, casais que enfrentam o mesmo ou um problema semelhante com relação aos filhos. Cada um tem a sua forma de lidar, mas todos com certeza passam por certos conflitos internos.  Alguns médicos e cientistas com visões bem diferentes um do outro. Além de ser demonstrado dois tipos de seres humanos, uns aceitam e procuram dar amor e o seu melhor aos diferentes, outros se aproveitam da situação, especialmente quando os consideram "sem almas". E é bem interessante até mesmo por nos levar a uma reflexão.

Espero que tenham gostado!

quinta-feira, 15 de março de 2018

[RESENHA] Tenebris: A Herdeira do Sheol

Olá, pessoal!
Tudo bem com vocês?
Hoje eu vou apresentar para vocês mais um livro excelente! Este pertencente à trilogia Tenebris, da escritora Erika Gomes. Já postei para vocês a resenha do primeiro livro Tenebris: O fim é apenas o começo, nos meus comentários eu falei que um dos personagens que mais gostei foi Gabriel, por ele ser engraçado às vezes, mas olhem... Ele mudou bastante, viu? Só que ainda não tiro sua razão, completamente.
Vamos lá?
Autora: Erika Gomes
Amazon
268 Páginas

Sinopse: "Sua família estava segura, enfim o que ele tanto havia desejado estava acontecendo, sabia que não era merecedor, mas ainda assim estava completo, inteiro novamente. O domínio dos três reinos estava em suas mãos e nada poderia destruir sua posição ou família.
Mas Heylel se esqueceu que acima dele existia uma soberania, a guarda daquele que é o Criador de todas as coisas, o último feito de Naiara chamou a atenção celestial, não iriam permitir que ela se levantasse como Herdeira do Sheol.
Anjos contra demônios, a guerra se aproxima, o fim estava sendo anunciado. Alianças precisam ser formadas, crenças precisam ser restabelecidas, em meio ao caos máscaras caem e revelam que nem todos que deveriam ser luz, escolheram iluminar e aqueles que carregam as trevas decidiram mudar por amor.
Seria possível a compaixão do Criador alcançar as profundezas?
Seria possível em meio a destruição, existir esperança ?
Até onde pode-se ir por amor ?
Até onde o pecado pode ser perdoado?
Prepare-se para o começo do apocalipse e surpreenda-se com cada revelação. Tenebris A herdeira do Sheol, vai impactar você."
No primeiro livro, Naiara tem sua vida completamente virada do avesso, descobriu que seu pai era Lúcifer (conhecido como Heylel), e não o pastor Robert, do qual ela realmente não gostava. Sua mãe, descobriu ser uma bruxa poderosíssima. Apaixonou-se por um demônio, Agares, e tinha que lidar com o fato de ter como responsabilidade ser a herdeira do Sheol.

Não parecendo pouco, surgiu em sua vida um anjo caído, Yekun, que está marcado para ser seu. Inicialmente, Nai está firme sobre seu sentimento por Agares, mas Yekun começa a atraí-la de um jeito que a torna completamente confusa. Para completar, o fato de que quando completará 18 anos, que está bem próximo de acontecer, irá mudar ainda mais sua vida, ficando mais forte, e não deixa os anjos, especialmente Miguel, nada felizes.

"Foi mais amada e querida ali entre demônios do que entre humanos durante toda a sua vida."

Mesmo a um fio de sentir que vai enlouquecer, na organização de seu aniversário, Nai percebe o quanto é sortuda por ter aqueles seres (demônios, anjos caídos, bruxa...) ao seu lado. Independente da aparência deles, ela queria que eles se sentissem aceitos e que confiassem nela. Mas ao mesmo tempo ela não sabia como lidar com tanta pressão por ser a herdeira, por saber que anjos querem seu mal, pela sua dúvida entre Agares e Yekun... Ela não sabia se conseguiria superar tudo isso.

"(...) Mas naquele exato momento, só conseguia ser uma menina confusa entre dois amores, com problemas familiares e um ciúmes doentio de sua mãe."

Enquanto isso, Gabriel acorda no céu. Mas isso não lhe parece bom, especialmente saber o motivo real de sua existência e o quanto sua vida também iria mudar. Mais que isso, estar do lado oposto à Naiara, aquela que ele sempre gostou, e que o deixou de lado quando o que ele mais queria era estar com ela. Irônico, não? Mesmo tentando não perder seu jeito engraçado, às vezes, Miguel conseguia fazê-lo ficar irritado, e pensando apenas em "ser alguém", em "fazer algo", mesmo que esse "algo" envolvesse machucar Nai.

"Eu acreditei durante toda a minha vida que o demônio era vermelho e chifrudo, hoje você me provou que ele tem asas brancas e se intitula anjo."

Vários personagens novos surgem, entre eles Gabriela, um anjo que acaba se interessando por Agares, que (cá entre nós) não ficou nada triste com a presença dela. E adora provocar Naiara, dizendo belas verdades (que eu adoro haha). Entre os personagens do primeiro livro, Elida continua direta, sincera e, mesmo tempo, brincalhona. Seu jeitinho sempre acaba irritando Nai, mas ela também sabia que ela era parte de sua família.

"Gabriela não se intimidou diante do olhar homicida que Naiara lançava para ela a cada palavra que saia de sua boca, mesmo quando ela resplandeceu em vermelho e estava irradiando fúria, ainda assim continuou."

Entre descobertas, lutas, derrotas, vitórias. Naiara se torna cada vez mais forte, não só pelos poderes que possui, mas por tudo o que precisa vivenciar e que aprende no decorrer do tempo. A vida lhe enche de problemas, de confusões, decisões importantes precisam ser tomadas e nem sempre ela tem tempo suficiente para pensar sobre isso. Reviravoltas acontecem a todo o momento, nem sempre o que deveria ser bom ou mal, realmente é. Se for possível classificar assim.

"Você abala todo o equilíbrio entre os mundos, Naiara, por isso sua existência é uma ofensa para os celestes e uma arma para os daqui."
Vocês podem adquirir o livro no site da Amazon. Bem como os demais livros e contos escritos pela Autora.

Encontrem e sigam a escritora:
Facebook (pessoal);
Facebook (grupo).
 O livro é muito bem escrito, a leitura é leve e você realmente consegue perder a noção do tempo! Cheio de aventuras, romances, intrigas, reviravoltas... Personagens nada comuns que evoluem (ou regridem) no decorrer do livro. Uma estória que, mesmo fictícia, nos faz refletir bastante sobre nós mesmos, nossas atitudes, nossas decisões. Naiara tem seus momentos de maturidade, de "birra", algumas de suas atitudes irritam, mas... Ela é uma jovem que ainda está se conhecendo e conhecendo todos à sua volta! Então dá pra compreender. Do mesmo jeito que Gabriel está confuso e toma atitudes erradas, mas certas aos olhos de quem lhe dá ordem, e deixando a mágoa por vezes lhe dominar. Mas isso, por vezes, não acontece com a gente também?

Eu realmente gostei do jeito de Gabriela (dessa vez vou ficar com o feminino como preferido *risos*), da forma como ela diz a verdade, mas, claro, ela não é perfeita, o que sempre deixa mais interessante: a ausência de perfeição, a busca por mudanças ou a atitude a partir de algo que mudou. Enfim, antes que escreva um texto reflexivo, vou deixar para vocês lerem e terem sua própria opinião. E me digam qual personagem gostam mais! Já sei que a grande maioria das meninas amam Yekun (lindo e dedicado a quem ama), mas quem sabe sua escolha também pode surpreender?

Espero que tenham gostado!

Helena.

sábado, 3 de março de 2018

[RESENHA] Tudo Por Amor

Boa noite, pessoal!
Tudo bem com vocês? Espero que estejam ótimos!
Dei uma sumida do blog, né? Mas prometo que farei de tudo para isso não acontecer novamente. O Mestrado tomou bastante do meu tempo e eu realmente tive que me dedicar à ele, mas estou de volta, heim? Continuarei postando várias resenhas por aqui, além de livros nacionais, mas também irei postar mais sobre os outros temas aqui do Ramificando, e como sei que vocês adoram saber especialmente sobre as categorias "Animais" e "Plantas e paisagismo" também procurarei postar bastante nesses dois!

E para começar, hoje tem resenha de mais um livro maravilhoso de uma das minhas escritoras nacionais favoritas: Ruth Arnaldo.

Autora: Ruth Arnaldo
2017
Amazon
228 Páginas

Sinopse: "Para Juan Martinez as coisas sempre vieram fáceis. 
Nasceu herdeiro de um império na área das comunicações. Dotado de uma beleza cobiçada, cercado pelos melhores amigos e dono de um sobrenome que lhe permitia ganhar sempre.
Mas, isso não lhe valeu de nada quando Rosália cruzou o seu caminho.
Uma garota simplória, linda e disposta a lutar por um sonho. Seria uma grande atriz por seus méritos e lutando suas próprias batalhas.
Com sua determinação balançou o mundo de Juan. Com ela, aprendeu esperar, sonhar e lutar. Rosa era seu destino e amá-la seu maior prazer. 
Juan Martinez lutou por Rosa e o doce sabor de tê-la rendida e entregue ao seu amor era a melhor parte do seu mundo agora. Eles não eram mais estranhos ligados por um acidente e sim almas gêmeas inseparáveis.
Então, o destino resolveu testar esse amor. 
Os inimigos são muitos e familiares. A mãe de Rosa ressurge como um fantasma para cobiçar o que a filha tem, segredos do passado de Juan voltam à tona e uma surpresa promete sacudir o mundo deles.
Será esse amor forte o bastante para o que está chegando?
Juan Martinez está de volta com toda sua intensidade, sensualidade e amor por sua garota. Se você acha que ele foi incrível ao fazer Tudo por um Sonho, prepare-se porque em Tudo por Amor, ele será implacável."
Rosa e Juan se amavam, eles sabiam o quanto a vida é complicada e que teriam que, eventualmente,  passar por momentos difíceis. No fundo, eles sabiam que um não desistiria do outro, mas seria seu amor suficiente para suportar tantas coisas ruins? No livro 1 ("Tudo Por Um Sonho"), eles enfrentam muitos desafios, Juan não desistiu de lutar por sua amada e, por fim, ela decidiu dar uma chance ao sentimento tão forte que ela sabia que existia entre os dois. Ao descobrir algo muito importante, mais uma vez Rosa fica atordoada e acaba se machucando.

Felizmente o pior não aconteceu, mas ela sabia que a partir daí teria que tomar ainda mais cuidado, não só por ela, e isso a deixou bastante cuidadosa, exceto quando se tratava da sua mãe, Branca, que fazia questão de tirá-la do sério. Queria, a todo custo, estar no lugar de sua filha, e o fato dela aparentemente ter tudo que não lhe pertencia, faria Branca tentar de tudo para tomar o que acreditava ser de direito seu. E Juan estava incluso. 

Após ser "envenenada" pelas palavras de sua mãe, Rosa fica extremamente chateada com Juan, ela sabia que o passado dele era repleto de histórias envolvendo muitas mulheres, mas imaginar aquilo que lhe foi contado, a machucava profundamente. Mas Juan mais uma vez não iria desistir de sua amada, ainda mais sabendo o quanto Branca tinha problemas e faria de tudo para separá-los.

"A manhã surgiu trazendo consigo um friozinho e me aconcheguei mais no corpo quente adormecido a meu lado e, claro, ocupando quase todo o espaço na minha cama pequena. Ontem foi um dia horrível e difícil, mas hoje estava amanhecendo diferente, um sorriso fazia morada no meu rosto, eu estava no melhor lugar do mundo, no calor dos braços do homem que eu amava."

Os dois precisariam conversar seriamente com o pai e os irmão de Rosa, eles teriam que aceitar que eles se amavam e iriam ficar juntos. Precisavam esquecer aquele acidente que causou tanto sofrimento e ao mesmo tempo o surgimento de um amor tão verdadeiro. E eles iriam, novamente, enfrentar o que fosse preciso para continuarem juntos, torcendo, é claro, para que os familiares de Rosa concordassem.

"Segurava minha mão tão naturalmente e seu gesto firme me transmitia toda a confiança que eu precisava neste momento."

Mais uma vez, em meio a momentos de muita felicidade, algo extremamente horrível acontece, o que deixa, especialmente, Rosa e Juan completamente arrasados. Eles teriam que ser ainda mais fortes para superar isso, o amor deles teria que se mostrar superior a toda essa tristeza, um não poderia desistir do outro e, mais uma vez, Rosa teria que tomar uma decisão e Juan iria apoiá-la.

"Essa era a melhor forma de retomar a minha vida. Me entregando ao amor que eu sentia por ele. Deixando ele me amar e o amando em igual intensidade. Agora era a hora de encerrar um ciclo de tristeza e voltar a ser feliz."

Cada vez que eles superam algo, a vida torna-se mais difícil. Só o amor seria capaz de vencer tantas coisas negativas, só o verdadeiro amor poderia superar o ódio, a mágoa, e tantos sentimentos que os quebravam. Só o amor poderia juntar cada pedacinho. Mas seria o amor de Juan e Rosa tão forte? Isto eles precisariam vivenciar para saber, e cada decisão tomada iria mudar a vida deles para sempre.

"Uma nova fase estava começando hoje, para todos nós."
O livro encontra-se disponível no formato e-book na Amazon!
Quem quiser ler a resenha do primeiro livro desta duologia é só clicar AQUI.
Mais livros digitais da autora vocês podem conferir e adquirir também na Amazon.
Lembrando que a autora também tem três livros físicos, que vocês também podem adquirir no site da Editora Autografia:

Encontrem e sigam a autora:
Novamente a autora me encanta com mais um de seus livros maravilhosos. A realidade que eles vivenciam, a evolução que cada personagem tem, especialmente em meio às dificuldades, é incrível! Um romance cheio de conflitos, mas que cada superação e cada derrota vivenciada conseguem prender o leitor de tal forma, que o faz até mesmo ter mais forças para encarar fases difíceis em sua própria vida. É pra rir, chorar, se alegrar, se irritar (risos), com mais esse casal maravilhoso, que possuem amigos magníficos, e mais uma vez a Ruth Arnaldo acertou em cheio! Vale à pena cada capítulo.

Espero que tenham gostado,

Helena.

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

[PRIMEIRAS IMPRESSÕES] Mulher com Brânquias

Autora: Patrícia Baikal
Amazon
2017
186 Páginas

Sinopse: "Rita, professora universitária, começa a ter visões de uma realidade paralela, como se estivesse o tempo todo mergulhada num aquário. Em casa, no trabalho ou na rua, ela se vê rodeada por seres aquáticos e especialmente pelo "grande peixe", uma criatura fantasmagórica que a persegue, mas que ninguém mais enxerga. Como se não bastasse, sua pele é tomada por escamas aos poucos, de forma dolorida e fantástica. Brânquias surgem em seu corpo, e isso pode significar o início ou o fim de uma jornada."

Rita gerencia uma loja de porcelana e começou a lecionar num curso de Administração. Casada com Pedro, que também é professor, se mudaram a pouco tempo para a casa deles que ainda está sendo  finalizada a construção.

"Eu conhecia muito bem Rita (...). Às vezes era sombria como um navio esquecido em águas profundas e, às vezes, iluminada como areia de praia limpa."

Tudo começa quando ela passa a ter alucinações. Uma delas, citada no início do livro, acontece quando ela vai dar sua aula, na frente de vários estudantes, e Rita tem que ter um autocontrole incrível para não questionar se eles também estão vendo e não sair correndo da sala. Afinal, não é todo dia que se ver uma criatura como aquela e num momento tão inapropriado como aquele.

"Ninguém mais parecia enxergá-lo imerso no ar, com olhos fixos em mim. Imóvel, eu não sabia se gritava, confessava a visão inconfessável ou apenas perguntava aos demais se alguém podia ver aquele monstro."

Ela passa a ter muita dificuldade para dormir. Todos aqueles acontecimentos, especialmente o último, estavam mexendo demais com sua mente. Então, Rita procura a ajuda de uma psiquiatra, mas essa estava longe de ser a primeira vez.

"Até as pessoas se quebram, por que não ocorreria o mesmo com xícaras?"

Aquilo começa a atrapalhar sua vida, mesmo assim, ela tenta disfarçar. Outro acontecimento promete complicar ainda mais sua cabeça. Ao conversar com sua irmã, Regina, que lhe contou algo muito ruim que estava acontecendo, um pequeno acidente ocorre, mas que faz Rita precisar fazer um procedimento no hospital. No momento em que o cirurgião costurava o corte em sua mão, ela começa a ver escamas surgindo.

"Ao redor do ferimento, elas eram menores e, de algum modo muito estranho, eu me sentia mais protegida como se as duras escamas evitassem que minha pele se cortasse de novo e me causasse dor."

A partir daí, acredito que ocorrerão diversas visões e acontecimentos, até que Rita comece finalmente a entender o motivo de tudo o que está vivendo.

O e-book está disponível para compra na Amazon. E tenho certeza que não irão se arrepender!

Além da estória que tem de tudo para ser maravilhosa! O livro ainda tem 10 ilustrações incríveis!

Conheçam a mulher com brânquias! E deixem-na surpreender e encantar a todos vocês!
Encontrem e sigam a autora:

A escritora também é autora do livro "Mariposa: asas que mudaram a direção do vento", que também é maravilhoso e tem resenha aqui no blog! Assim como uma entrevista super especial! E vocês podem adquirir esse livro no site da Editora Kiron, na primeira e na segunda edição. As edições 1 e 2 em formato digital estão disponíveis na Amazon!

E lá vocês também encontram dois contos da autora:
Mendiga
Quem quiser, pode ler a amostra grátis do livro na Amazon, mas tenho certeza que, após essa leitura, vocês vão comprar o livro, porque não conseguirão parar de ler! Muito bem escrito, cheio de suspense e que consegue prender a atenção do leitor de forma incrível!

Espero que tenham gostado!

sábado, 4 de novembro de 2017

[RESENHA] CONTO: Inesperada Sedução

Autora: Ruth Arnaldo
Amazon
2017
31 Páginas

Sinopse: "São Pedro era uma cidade fria, seus moradores em sua grande maioria eram idosos que levavam a vida em uma eterna rotina confortável. E havia Belinda. A linda jovem de cabelos negros e pele cor de oliva. 
Por que Belinda morava neste lugar longe dos dias ensolarados e risos jovens?
Esta era a pergunta que permeava os pensamentos do enigmático forasteiro Sean James, ao conhecê-la na velha biblioteca da cidade. Ela o intrigava e ele estava disposto a seduzir a linda garota. Mas, o que Sean não podia prever, era que Belinda tinha seus próprios planos para ele, desde que sua presença despertou fantasias proibidas na sua mente.
E nesta guerra de querer, um clima de sensualidade instalou-se entre os dois, abrindo passagem para uma Inesperada Sedução."
Belinda é uma garota que está um pouco entediada com a vida que tem, quer ter algo a mais, sempre quis bem mais que aquele lugar, mas procurou se conformar com o que pensava não ter outra opção. Ou foi assim que sua tia, Greice, fez com que ela começasse a acreditar. Ela tinha muita raiva da mãe de Belinda, afinal, ela saiu da cidade buscando algo diferente, e voltou grávida. Não resistiu ao parto, deixando sua filha para ser criada por ela, que não gostava nada disso. Agora sua tia também a tinha deixado, mesmo assim, ela continuou sua vida da forma como estava se acostumando.

São Pedro, era uma cidade bastante fria. Bem diferente das sensações que Sean James, um forasteiro na cidade, fazia Belinda ter. Ela é uma bibliotecária e ele um escritor que estava com um bloqueio criativo, precisava se afastar um pouco da agitação de sua cidade e fazer novas leituras. Ele era simplesmente lindo, e lhe despertaram desejos que até então ela buscava retrair. Tirava fotos dele, afinal, ele poderia ir embora a qualquer momento, e ela queria guardar a imagem dele para admirá-lo sempre que quisesse.

Belinha parecia ser uma garota bem tímida e fechada por fora, mas por dentro ela tinha desejos suprimidos, que nenhum namorado conseguiu satisfazer. Tinha coleção de roupas íntimas, de diversos tipos, coisa que se sua tia soubesse a faria escutar um longo e cansativo sermão.

"Eu ansiava ser admirada e desejada. Mas, principalmente, eu queria ser ousada e sedutora."

Sean também demonstrava interesse nela, com flertes e olhares nem sempre discretos. Ambos apenas esperavam um sinal, uma oportunidade de fazer o que tentavam reprimir. Até o momento em que ele a provocou e ela cedeu à sua "inesperada sedução".

"Com a pulsação explodindo nos meus ouvidos, e aceitando o desafio que encontrei nos seus olhos quentes e sedutores, me lancei sobre ele e fiz exatamente o que sonhei desde o primeiro dia que o vi."
O conto está disponível para compra no site da Amazon.
Além desse conto, a autora possui outro conto e mais seis livros, todos à venda em formato e-book na Amazon e três deles disponíveis também em formato impresso no site da Editora Autografia, sendo eles: Uma Jogada do AmorA Melhor Jogada do Amor e, o mais recente, Nas Cores do Amor.

Encontrem e sigam a autora:
Instagram: @rutharaldo
Facebook: Ruth Arnaldo

Aqui no ig também tem outras resenhas de livros e conto da autora, além de uma entrevista bem legal confiram:
O conto é muito bem escrito, a Ruth sempre capricha em tudo que escreve. Ele conta a estória de Belinda e sua vida bem parada numa cidade do interior e o quanto a chegada de Sean irá mudar tudo isso. Afinal, ele não veio só para fazer com que ela tenha todos os seus desejos à flor da pele, ele também trouxe consigo algo completamente inesperado, que iria mudar completamente a vida de Belinda se, claro, ela decidir arriscar.

Um conto que dá vontade de pedir "por favor, torne livro!", porque deixa aquele gostinho de "quero mais"... Ah, e eu quero muito saber o que vem por aí!

Espero que tenham gostado e adquiram o conto!

Abraçoo da Helena!

terça-feira, 15 de agosto de 2017

[RESENHA] Uma Nova Mensagem

Autora: Erika Gomes
Amazon
2017
211 Páginas

Sinopse: "Uma mulher bem resolvida, independente. Cris teria tudo para ter uma vida no mínimo legal... Se não fosse sua frustração sexual!!! 
Uma mensagem de um número desconhecido... Um perfil de um homem encarando o oceano... Tudo o que eles tinham em comum, era o desejo de transformar aquele engano em uma certeza.
Mas a vida acaba pregando peças e alterando as situações no decorrer do caminho. Outras pessoas são envolvidas e todas as certezas de Cris, escorre por seus dedos, quando ela se depara com alguém real que balança todo o seu mundo.
Liberte-se, há uma nova mensagem esperando você!"
Cris tem duas coisas que toda mulher deseja: está satisfeita com o seu corpo e trabalha no que gosta. Apesar de geralmente estar atrasada, faz seu trabalho muito bem feito. Ela só tem um problema: sua vida sexual super parada, fazendo com que Cris ficasse imersa em livros e filmes, muitas vezes tirando-a completamente da realidade. Isso preocupava muito suas amigas, Amélia e Eduarda, que decidiram ajudar a amiga de todas as formas.

- Sim, uma porta para outro mundo. – Eduarda concordou.
- Mas eu não quero ir para Nárnia. – A voz da Cris não passava de um sussurro.
- Nárnia? – Eduarda riu alto, jogando a cabeça para trás de forma exagerada – Amiga, aqui está mais para a “gozolandia”.

Elas foram em vários locais. Mas Cris ainda não tinha encontrado a pessoa que fizesse com que ela se animasse e pudesse "se perder". Numa manhã, lendo um de seus livros, ela recebe uma mensagem anônima, por engano, de um cara que ela acabou salvando como Quem é você?. Desde então eles começam a trocar mais e mais mensagens, cada vez mais íntimas. O que fez com que Cris começasse a ter um grande interesse.

"Cris estava gostando da brincadeira, o humor leve das mensagens estava deixando sua manhã mais interessante. Ela fechou o livro, guardando dentro da bolsa e se ajeitou com o celular na mão."

Ela estava começando a se sentir cada vez mais envolvida, a cada momento ela desejava tê-lo ao seu lado. Sentia saudade, sentia ciúmes de alguém que ela nem sabia o nome. O que muitas vezes a fazia se sentir um pouco "anormal", será que aquilo deveria mesmo existir?

19:41 “Quer me matar de saudade?” 
E com aquela única frase, Cris perdeu todo o ar, sorria de forma boba, lendo e relendo as cinco palavras, os suspiros de menina apaixonada, teimavam em escapar de seus lábios, demorou alguns minutos para responder, queria viver cada detalhe daquele momento.

Mas uma coisa fez com que Cris começasse a desanimar com relação ao seu desconhecido, que parecia cada vez mais próximo, ela descobre que, na verdade, ele mora muito distante e, apesar de ele deixar claro que isso não seria um empecilho, ela começa a se afastar um pouco, não queria criar mais expectativa ao redor de alguém que talvez ela nunca conhecesse.

Eduarda e Amélia não desistem de fazer a amiga sair de casa e ter uma vida de uma "garota normal". Acreditavam mesmo que tinham que tirar Cris de sua vida parada e de viver pensando em ficção. Numa de suas saídas, suas amigas lhes apresenta Fernando, um cara muito bonito e com um charme que lhe fazia querer se perder com ele em algum lugar.

"Ele sorrio para ela, exibindo dentes brancos e perfeitamente alinhados e duas covinhas profundas nas bochechas.
- Covinhas – Cris não conseguiu conter a palavra em seus lábios.
- Não entendi?! – Ele sorrio ainda mais e se aproximou tentando ouvir o que ela falava.
- Eu disse que você tem covinhas quando sorri.
- Hum... É eu sei, quando se é bebe, ter covinhas é lindo... Mas aos 34 anos, elas acabam perdendo um pouco a graça. – Ele riu dando de ombros.
- Eu não acho, covinhas são encantadoras em qualquer idade."

Os dois se atraíram e logo foram para um outro local. Passam a noite juntos e, para ambos, cada momento vivido juntos ali foi incrível. Cada toque, cada palavra, cada gesto fazia com que Cris se encantasse cada vez mais. Esquecendo-se completamente, nesse momento, daquele estranho que tanto lhe chamou a atenção dias atrás.

"Cris riu ainda com os lábios tomados pelos lábios de Fernando, que a beijava como se sua sobrevivência dependesse daquele contato."

Quem é você? e Cris voltam a se falar. E ela começa a ficar com seus sentimentos confusos. Deveria entregar seus sentimentos a um homem que ela não sabe nem o nome e que talvez encontraria um dia? Ou deveria deixar seus sentimentos por Fernando, um cara real e incrível, que está ali ao seu lado?
Pra quem não gosta ou simplesmente não lê livros eróticos, talvez não se atraia muito pelo livro. Mas a estória é incrível e totalmente diferente do que imaginei quando iniciei a leitura. Este último, não num sentido ruim, pois se mostrou ainda melhor. Momentos em que o leitor fica realmente preso ao livro e, até mesmo, dividido juntamente com a Cris, mas depois torcendo loucamente por um dos dois.

Uma leitura leve e textos bem escritos. Com direito a frases incríveis de autores famosos em cada início de capítulo, característico da autora. Indico pra quem gosta de romance erótico e que está pronto para se surpreender!

O livro está à venda no formado e-book na Amazon por um preço super acessível! Não vão perder, heim?

Espero que tenham gostado!

💜